fbpx

Boteco do JB

Menu Close

quinta b

o que você aprendeu com a peste global que abate implacavelmente o planeta?

eu aprendi que já vivia num sistema parecido com quarentena há décadas e que o toque humano não me faz a menor falta. tendo um cachorro pra cuidar, tá bom. sinto muito por aqueles que se apegam a beijos e abraços, que voltem a se amar o quanto antes.

vi também gente legal se mostrar cada vez mais humana e lazarentos se tornando cada vez mais morféticos e que infelizmente a quantidade de pessoas que compõe o segundo grupo é abissal.

que o ex presidente em exercício deixou de ser um problema nosso para se tornar um genocida de ordem internacional. o correto nem é impeachment mais, agora é caso de destituí-lo do cargo e levá-lo direto à corte de haia, para responder por seus seríssimos crimes contra a humanidade. se o gado quiser, que o acompanhe.

nunca foi tão importante manter algo parecido com rotina pra se manter com a mente sã. eu acordo, venho pra frente do computador e atualizo esse blog. durante o dia tomo banhos demorados, passeio com meu cão, cozinho e também peço comida pra prestigiar o comércio local, portas que se viram pra se manter abertas através do serviço de delivery.

já que a ajuda do (des)governo é pífia, começam a pipocar ações pra ajudar bares e restaurantes, muitas delas com boa fé, mas tantas outras visam salvar negócios de herdeiros e milionários. mais dinheiro pra quem nunca precisou de dinheiro, numa cara de pau digna de cair o cu da bunda.

em casa tenho um arsenal de boas bebidas que é difícil de achar em qualquer bar comercial no mundo, mas tenho bebido muito pouco. beber pra mim é ato de prazer e contemplação e tô com dificuldade pra entrar no clima.

livros? séries? sem paz de espírito pra aproveitar. a pandemia trouxe sintomas de burrice que harmonizam com a eterna fadiga proporcionada pela esclerose múltipla.

a sensação de impotência diante de quem está cada vez mais na merda nas ruas é quase tão grande quanto os sentimentos pouco nobres nutridos por pessoas que capitalizam em cima de uma catástrofe dessa dimensão. aprendi que devo lidar melhor com isso, se for o caso de optar por seguir vivendo no meio disso que chamam de civilização.

a real é que a pandemia acaba, mas a raça humana fica, ou o que sobrar dela. a torcida é para que aprenda a lição e se torne pelo menos um pouco mais nobre.

fiquem em casa e salve-se quem puder.

© 2020 Boteco do JB. All rights reserved.

Theme by Anders Norén.