fbpx

Boteco do JB

Menu Close

privilégio

saio de casa pra passear cachorro e fazer supermercado, sempre de máscara. noto que a população de rua aumentou de maneira impressionante no último mês. esses caras não tem proteção alguma e quem tem mais condições de ajudar parece querer mais que eles morram mesmo. igrejas e hotéis chiques seguem vazios enquanto seus responsáveis tiram os seus da reta e assistem a tragédia nas poltronas de seus camarotes.

a partir dessa semana os cadáveres ganharão nomes e não estou otimista em relação ao aumento de consciência do brasileiro médio, ainda mais enquanto esse lazarento continuar à frente do poder executivo falando as maiores barbaridades possíveis e estimulando o povo a sair pra rua. aliás, se não houvesse tal incentivo, não chegaríamos a essa conta que infelizmente deve aumentar ainda um bocado. então pode colocar a pilha de mortos na conta dele e chamar de genocida, sim.

agora, voltando às máscaras. o que tem de gente privilegiada as usando como se fossem tiaras ou babadores é brincadeira! nessa semana um desses que é meu conhecido tentou me cumprimentar, chegando a estender sua mão em minha direção. a reação mais educada que consegui foi a de apenas desviar dele, estabelecendo o mínimo possível de contato visual. sem paciência pra esse tipo de cretinice a essa altura da quarentena.

assim como parentes com tendências psicopatas também foram devidamente afastados das mídias sociais. felizmente não tive que lidar com a saia justa de alguém muito próximo ter esse tipo de comportamento. eu, privilegiado novamente.

pra atingir o mínimo grau de consciência, é preciso ter uma visão global de tudo que está acontecendo. como disse o gigante dráuzio varella, entre outras coisas, não é possível cobrar distanciamento social de quem tá na cadeia e vamos pagar caro por nossa imensa desigualdade social.

se você tem condições de ler esse texto, provavelmente também tem privilégios. saiba o que fazer com eles, não seja um pau no cu, honre sua existência.

© 2020 Boteco do JB. All rights reserved.

Theme by Anders Norén.