fbpx

Boteco do JB

Menu Close

vertigem

paguei as contas de luz atrasadas e finalmente pendurei os quadros, tarefa que não conseguiria executar se não fosse pelo auxílio luxuoso do bom profissional que tem uma galeria aqui na barão de tatuí. descobri também que se você deixar por sete meses molduras e colagens sujeitas a sol e chuva é inevitável que se tenha algum prejuízo. mas os sobreviventes na parede estão.

já as plantas tem gênios e gostos diferentes, umas exalam vida e outras parecem não suportar minha presença, a ponto de preferir a própria morte. na medida do possível administro as suas vidas, com afeto e responsabilidade.

o dog – petisco – além da incurável sarna negra também apresentou uma alergia meio rara e no momento está sendo bem cuidado por um dermatologista especialista em, olha só, pugs. inclusive o tratamento já demonstra bom retorno em curto espaço de tempo.

hoje meu maior problema cotidiano é certa dormência do lado esquerdo do corpo que se manifesta toda vez em que me levanto de qualquer lugar, afetando assim equilíbrio do corpo por aproximado período de intermináveis 15 segundos, me causando a sensação de ser um cruzamento de joe cocker com michael j fox, só que sem o talento deles.

sou péssimo em descrever dores, mas é como se satanás puxasse meu corpo a cada movimento mais brusco. imagino que seja sintoma da doença autoimune que me abate pouco a pouco e tenho tomado corticóide com moderação, como manda a cartilha do esclerosado.

ideal seria ir pro hospital, mas talvez isso não seja boa ideia. decidi que nesse ano tá proibido d’eu ficar doente e dar trabalho pras pessoas que, em contrapartida, poderiam parar de me recomendar cannabis e vitamina d. a hora não é a mais apropriada pra pagar de sommellier de vida alheia, por mais que 3 ou 4 googada faça com que muitos se sintam doutores da razão.

eu já disse que pendurei os quadros, né? pois é. e também arrumei as boca do fogão, que estavam bem zuadas. o próximo desafio é criar coragem pra chamar um eletricista, já que quase metade do apê tá meio no breu.

atitudes essas que visam trazer certo conforto domiciliar. porque se for pra dar merda, que seja num lugar em que me sinta à vontade pra chamar de casa.

mudar não é fácil, mas aos poucos as coisas vão se ajeitando.

© 2021 Boteco do JB. All rights reserved.

Theme by Anders Norén.